domingo, 26 de abril de 2009

Rebelde sem causa

Odeio quem sorri por tudo. Odeio quem chora por qualquer coisa. Odeio moedas. Odeio moedas de cinco centavos. Odeio filas. Odeio chuvisco. Odeio mormaço. Odeio boa parte dos taxistas. Odeio receber informação errada. Odeio emos. Odeio funk. Odeio andar na chuva de All Star. Odeio quem pisa em tênis branco. Odeio traição. Odeio desprezo e desprezo o ódio. Odeio a certeza da morte. Odeio religião. Odeio fanatismo. Odeio José de Alencar. Odeio professores. Odeio provas. Odeio o Brasil. Odeio você. Odeio ele. Odeio ela. Odeio o ódio.

4 comentários:

  1. Eu choro por qualquer coisa, e você me ama também!

    ResponderExcluir
  2. Então... só que mesmo odiando tanta coisa, eu gostei do seu jeito de escrever.
    Pronto. Falei.

    ResponderExcluir